Pular para o conteúdo principal

Você sabe quem foi Aracy de Almeida?



Aracy Teles de Almeida (Rio de Janeiro, 19 de agosto de 1914 — Rio de Janeiro, 20 de junho de 1988) foi uma cantora brasileira.
Teve grande convivência com o compositor Noel Rosa. Também foi jurada do programa Show de Calouros de Silvio Santos. Era conhecida como "Dama da Central" (do Brasil), pois somente viajava de trem, "A Dama do Encantado" (em referência ao bairro em que morou no Rio), ou "O Samba Em Pessoa".
Cantava samba, mas era apreciadora de música clássica e se interessava por leituras de psicanálise, além de ter em sua casa quadros de pintores brasileiros como Aldemir Martins e Di Cavalcanti, com quem mantinha amizade. Os que conviviam com ela, na intimidade ou profissionalmente, a viam como uma mulher lida e esclarecida. Tratada por amigos pelo apelido de "Araca", Noel Rosa disse, em entrevista para A Pátria, em 4 de janeiro de 1936: "Aracy de Almeida é, na minha opinião, a pessoa que interpreta com exatidão o que eu produzo".
Fonte: Wikipedia
Gostou? Quer saber mais?


Comentários

  1. Ermelinda Gonzalez amou a homenagem feita a Emilinha Borba.Não existe carnaval sem as músicas dela. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Quando será o desfile da turma do Sir:Luiz

    ResponderExcluir
  3. Parabéns! Que esta solenidade sirva de estímulo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

28 de SETEMBRO - TEATRO DA CEG

O CIEP TEVE A HONRA DE RECEBER UM MARAVILHOSO TEATRO E UMA PALESTRA EDUCATIVA DA COMPANIA ESTADUAL DE GÁS. NOSSO ALUNOS AMARAM!!! CONFIRA COMO FOI. "MANUAL PARA UM FUTURO LEGAL"




CURTAM  A PÁGINA DELES NO FACEBOOK https://www.facebook.com/manualparaofuturolegal/?ref=br_tf













E SE VOCÊ PERDEU O TEATRO OU FICOU COM CURIOSIDADE ASSISTA EM  http://www.manualparaofuturolegal.com.br/

DIA DO ÍNDIO - ED. INFANTIL, CRECHE E ARTES

O DIA DO ÍNDIO FOI COMEMORADO COM MUITA ALEGRIA NO CIEP. A EDUCAÇÃO INFANTIL DANÇOU AO SOM DE MÚSICAS QUE FALAVAM DOS HÁBITOS E COSTUMES DOS INDÍGENAS NA EDUCAÇÃO FÍSICA, FIZERAM LINDOS INDIOZINHOS COM AS MÃOZINHAS PINTADAS DE GUACHE, PINTARAM O ROSTO E COLOCARAM O COCAR. ERAM VERDADEIROS GUERREIROS DA ALEGRIA. CONFIRA ABAIXO COMO FOI DIVERTIDO!


A PROFESSORA DE ARTES BETE FEZ COM SEUS ALUNOS COLARES E CORDÕES INDÍGENAS E UTILIZOU DE MATERIAL CORDÃO ENCERADO E CAPAS DE REVISTA E ENCARTES. (clique nas fotos para ampliar)
A PROFESSORA DE ARTES MÁRCIA GIOVANA PRODUZIU COM SEUS ALUNOS IMITAÇÕES DE MÁSCARAS INDÍGENAS UTILIZANDO DE MATERIAL PRATO DE PAPELÃO, PAPEL CREPOM E GUACHE.



















 TRABALHO SOBRE TRANÇADO INDÍGENA,




















 E PINTURAS DO DIA A DIA DOS ÍNDIOS COM GUACHE.

1° DE SETEMBRO - DESFILE CÍVICO

Para discutirmos o sentido do Desfile Cívico de 7 de setembro precisamos realizar uma contextualização histórica em relação aos usos e significados que foram sendo atribuídos a este evento, bem como contextualizá-lo em relação a quatro conceitos os quais, embora muito semelhantes quanto ao seu uso na linguagem cotidiana, guardam especificidades, e que são NACIONALISMO, PATRIOTISMO, CIVISMO e CIDADANIA.





Comemorações do 7 de setembro aconteciam, de maneira relativamente informal e espontânea, desde a proclamação da República (1889) e originalmente havia apenas um Desfile Militar nas capitais, até porque os primeiros governos republicanos não haviam definido se a grande data nacional seria esta, o 15 de novembro, data da Proclamação da República ou o 21 de abril, dia de Tiradentes.







Foi no primeiro governo de Getúlio Vargas que os estudantes e algumas agremiações e Sindicatos foram agregados ao Desfile.

A “era Vargas”, muito embora possa ser dividida em 3 partes (governo ditatorial, de 1930-…