Pular para o conteúdo principal

21 DE MARÇO - DIA INTERNACIONAL DA SÍNDROME DE DOWN

 Um pouco sobre Sindrome de Down...

                       A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo. Isso ocorre na hora da concepção de uma criança. As pessoas com síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, têm 47 cromossomos em suas células em vez de 46, como a maior parte da população.
                       As crianças, os jovens e os adultos com síndrome de Down podem ter algumas características semelhantes e estar sujeitos a uma maior incidência de doenças, mas apresentam personalidades e características diferentes e únicas.

                       É importante esclarecer que o comportamento dos pais não causa a síndrome de Down. Não há nada que eles poderiam ter feito de diferente para evitá-la. Não é culpa de ninguém. Além disso, a síndrome de Down não é uma doença, mas uma condição da pessoa associada a algumas questões para as quais os pais devem estar atentos desde o nascimento da criança.
                       As pessoas com síndrome de Down têm muito mais em comum com o resto da população do que diferenças. 
                       Se você é pai ou mãe de uma pessoa com síndrome de Down, o mais importante é descobrir que seu filho pode alcançar um bom desenvolvimento de suas capacidades pessoais e avançará com crescentes níveis de realização e autonomia. Ele é capaz de sentir, amar, aprender, se divertir e trabalhar. Poderá ler e escrever, deverá ir à escola como qualquer outra criança e levar uma vida autônoma. Em resumo, ele poderá ocupar um lugar próprio e digno na sociedade.


E é isso que alguns de nossos amigos fazem conosco...ocupam e alegram o nosso coração apenas com sua presença.



PROFESSORAS MERE E CLEIDE

Ricardo, Pedro, Lucas, Thaiany, Yuri, Renato, Thiago, Anna Júlia e Eduarda, todos juntos, homenageando os amigos.


SALA DE LEITURA

"SER DIFERENTE É NORMAL"
















Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

1302 - REDESCOBRINDO O BRASIL - PROFª CARMEM LÚCIA

A PROFª CARMEM LÚCIA VEM TRABALHANDO COM SEUS ALUNOS O DESCOBRIMENTO DO BRASIL E TODOS OS TIPOS DE CULTURA QUE AQUI CHEGARAM. UTILIZANDO COMO AMBIENTES A SALA DE AULA E A SALA DE LEITURA, ELA TRABALHOU A CHEGADA DOS NEGROS NO BRASIL E SUA CULTURA. LEU PARA ELES LIVROS COM CONTOS E LENDAS AFRICANAS, MOSTROU O MAPA DO MUNDO LOCALIZANDO ONDE FICA O CONTINENTE AFRICANO E O CAMINHO QUE ELES PERCORRERAM ATÉ CHEGAR NO BRASIL TRAZIDOS COMO ESCRAVOS PELOS PORTUGUESES. ASSIM COMO SUAS COMIDAS, DANÇAS E RELIGIÃO.
FEZ UMA BELÍSSIMA REFLEXÃO SOBRE A DISCRIMINAÇÃO E UM DEBATE PARA SABER QUEM ERA NEGRO OU BRANCO NA TURMA, ONDE ELES DESCOBRIRAM QUE MESMO O ALUNO COM A PELE MAIS CLARINHA, TINHA CARACTERÍSTICAS DA RAÇA NEGRA, POIS EM SUA FAMÍLIA HAVIA DESCENDENTES NEGROS .
ISSO É SÓ O COMEÇO. ACOMPANHE NOSSO BLOG, POIS ESSE MARAVILHOSO PROJETO AINDA NÃO TERMINOU.
CONFIRA COMO FOI A CONFECÇÃO DAS MÁSCARAS AFRICANAS. (CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR)

As Máscaras Africanas povoam há milênios o imaginário de grand…

Você sabe quem foi Aracy de Almeida?

Aracy Teles de Almeida (Rio de Janeiro, 19 de agosto de 1914 — Rio de Janeiro, 20 de junho de 1988) foi uma cantora brasileira. Teve grande convivência com o compositor Noel Rosa. Também foi jurada do programa Show de Calouros de Silvio Santos. Era conhecida como "Dama da Central" (do Brasil), pois somente viajava de trem, "A Dama do Encantado" (em referência ao bairro em que morou no Rio), ou "O Samba Em Pessoa". Cantava samba, mas era apreciadora de música clássica e se interessava por leituras de psicanálise, além de ter em sua casa quadros de pintores brasileiros como Aldemir Martins e Di Cavalcanti, com quem mantinha amizade. Os que conviviam com ela, na intimidade ou profissionalmente, a viam como uma mulher lida e esclarecida. Tratada por amigos pelo apelido de "Araca", Noel Rosa disse, em entrevista para A Pátria, em 4 de janeiro de 1936: "Aracy de Almeida é, na minha opinião, a pessoa que interpreta com exatidão o que eu produzo"…

DIA DO ÍNDIO - ED. INFANTIL, CRECHE E ARTES

O DIA DO ÍNDIO FOI COMEMORADO COM MUITA ALEGRIA NO CIEP. A EDUCAÇÃO INFANTIL DANÇOU AO SOM DE MÚSICAS QUE FALAVAM DOS HÁBITOS E COSTUMES DOS INDÍGENAS NA EDUCAÇÃO FÍSICA, FIZERAM LINDOS INDIOZINHOS COM AS MÃOZINHAS PINTADAS DE GUACHE, PINTARAM O ROSTO E COLOCARAM O COCAR. ERAM VERDADEIROS GUERREIROS DA ALEGRIA. CONFIRA ABAIXO COMO FOI DIVERTIDO!


A PROFESSORA DE ARTES BETE FEZ COM SEUS ALUNOS COLARES E CORDÕES INDÍGENAS E UTILIZOU DE MATERIAL CORDÃO ENCERADO E CAPAS DE REVISTA E ENCARTES. (clique nas fotos para ampliar)
A PROFESSORA DE ARTES MÁRCIA GIOVANA PRODUZIU COM SEUS ALUNOS IMITAÇÕES DE MÁSCARAS INDÍGENAS UTILIZANDO DE MATERIAL PRATO DE PAPELÃO, PAPEL CREPOM E GUACHE.



















 TRABALHO SOBRE TRANÇADO INDÍGENA,




















 E PINTURAS DO DIA A DIA DOS ÍNDIOS COM GUACHE.